Assunto cupins ganha força na Sessão Plenária em S. Paulo

A população começa a ser alertada sobre a grande infestação
 de cupins subterrâneos em árvores da cidade

Durante a sessão plenária na câmara da cidade de S. Paulo, o vereador Andrea Matarazzo faz o alerta.

Vereador Andrea Matarazzo - Sessão Plenária em S. Paulo
Click aqui
Seu pronunciamento alerta sobre a fragilidade das árvores atacadas de cupins com a ocorrência de quedas durante a chuva que derrubou aproximadamente 180 árvores na cidade de S. Paulo, causando óbito.

Recentemente na cidade de Campinas uma forte tempestade causada, segundo os meteorologistas, por uma Micro Explosão com foto captada pelo engenheiro Rafael Coutinho na madrugada do dia 05 de junho de 2016.


Na imagem, uma sequência de raios entre 0h21 e 0h25

Causou a queda de aproximadamente 1.300 (mil e trezentas) árvores.



Logicamente que as árvores que estão em bairros que apresentam áreas de Pressão de Infestação de cupins subterrâneos caem com maior facilidade.


O Projeto Dr. Cupim Salvando Árvores em parceria com a OSCIP (Organização Social Civil de Interesse Público)  Gaia SOS estão trabalhando no sentido de mapear por georreferenciamento (satélite), áreas da cidade que estão com forte infestação desta importante praga urbana, o cupim subterrâneo de origem asiática da espécie Coptotermes gestrói.


O trabalho, baseado em estudos científicos, também tem como objetivo levantar as espécies nativas e exóticas da arborização urbana mais propensas ao ataque destes cupins, apontando inclusive, qual árvore apresenta o risco de queda, configurando como serviço de Utilidade Pública prestado pela sociedade civil organizada.

As árvores, biologicamente falando, são o Reservatório Natural desta espécie de cupins que fragilizam o caule na base.
Nestes insetos sociais, a Rainha disponibiliza 2.000 (dois mil) ovos por dia e podem durar 25 (vinte e cinco anos), onde uma colônia pode forragear 3.000 (três mil) m² de área. 

Nos círculos em amarelo estão demarcadas as áreas de abrangência das colônias de cupins

Além do comprometimento do Patrimônio Natural (árvores) há também o enorme prejuízo no Patrimônio Privado (edificações), pois estes cupins atravessam concreto!


Quadro de força atacado por cupins

Acordando e educando

TERRA


Este documentário dirigido por Yann Arthus (2015), com imagens magníficas em HD, reflete sobre relação com outras criaturas do mundo à medida que a humanidade se afasta cada vez mais da natureza.

Documentário exibido pelo Netflix
Documentário exibido pelo Netflix (Entre)
Yann Arthus, um artista que captura imagens fantásticas, dispensa comentários.


Esta obra de arte focando o tema TERRA está inserido dentro do modelo da Saúde Ambiental, sendo uma bela ferramenta para ensinar Ecologia urbana para jovens e adultos mostrando na realidade o futuro desta humanidade.

Hoje (segundo a Rádio CBN), na cidade de Palode na Índia a temperatura chegou a 51ºC.

Obs: Netflix é um provedor global de filmes e séries de televisão via streaming, atualmente com mais de 75 milhões de assinantes. Fundada em 1997 nos Estados Unidos, a empresa surgiu como um serviço de entrega de DVDs pelo correio.

Entrando no site Netflix você pode  receber 01 mês de acesso grátis.

O problema está ficando sério, muito sério!!!

Tragédia anunciada: acidente causado pela queda de árvore (pinheiro de 13 metros) no Largo da Concórdia, B. Bráz / S. Paulo, faz uma vítima fatal.


18/05/2016

Árvore que matou jovem estava infestada de cupins

Simei MoraisRafael Ribeiro e Folha de S.Paulo
do Agora
O pinheiro de 13 m de altura cuja queda matou uma jovem no largo da Concórdia, no Brás (região central), no vendaval de anteontem, estava infestado de cupins.
O acidente matou a vendedora Mônica Francisca dos Santos, 22 anos, e deixou em estado grave sua chefe, a comerciante Dayse Cristina Souza Santos, 31 anos, e a filha dela, Maria Luiza, 3 anos.
O delegado Éder Pereira e Silva, do 12º DP (Pari), abriu inquérito para investigar a morte e as lesões após peritos confirmarem que a árvore continha cupins.
O acidente feriu outras três pessoas.
Resposta
Laudo da prefeitura diz que "aparentemente a árvore encontrava-se com aspecto saudável, tanto na copa quanto no caule, não tendo características que pudessem ser observadas antes da queda".
O prefeito Fernando Haddad (PT) disse ao "SPTV" (Globo) que podas e remoções aumentaram, mas as árvores "não estão preparadas" para vendavais como o de anteontem.
"Você não vai remover as árvores sãs, só remove árvore que está doente. Você não consegue em 24h dar conta de todos os problemas que acontecerem em função de vento extremo."
19/05/2016

Prefeitura diz que aparelho para fiscalizar árvores é caro

Mariana Zylberkan
do Agora
Dois dias após um pinheiro cair e matar uma jovem de 22 anos na capital, a gestão Fernando Haddad (PT) afirmou ontem que não tem um penetrógrafo, aparelho que faz a avaliação da saúde das árvores, porque esse equipamento é muito caro.
Na segunda-feira, a ambulante Mônica Francisca dos Santos, 22 anos, morreu atingida por uma árvore, um pinheiro de 13 metros, no largo da Concórdia, Brás (região central da capital), durante um vendaval.
O tronco estava infestado de cupins.
Em entrevista concedida ontem ao "Bom Dia São Paulo", da TV Globo, o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Rodrigo Ravena, disse que não havia como identificar o estado da árvore por dentro.
"Não tem um jeito e não existe aparelho nenhum que meça ou dê a condição da raiz da árvore ou a forma com que o cupim invadiu ou não a árvore, nem a força que o vento vai fazer sobre aquela árvore", afirmou o secretário.

Projeto Dr. Cupim Salvando Árvores visita o local
Entrevista para Rede Bandeirantes (Brasil Urgente - Datena) - Largo da Concórdia / S. Paulo

Temperatura subindo, cupins aumentando

Segundo a NASA, no mês de abril de 2016 houve recorde nas temperaturas globais.

Diante deste novo fato é necessário que a Sociedade Civil acorde rapidamente, saia da zona de conforto e deixe de ser "Sangue de Barata".

 A expressão "Sangue de Barata" significa "Sangue Frio" ou seja:

Pessoa que não reage em situações desagradáveis, ofensivas.

ECOLOGIA URBANA II
O fato é que a temperatura atual está bem alta e vem batendo recordes mais expressivos deste o verão de 2014.
No ambiente urbano concretado e asfaltado o desconforto é ainda maior, há também o registro da alta emissão de raios ultra violeta (índice 8) e falta de água nas casas.



Em uma floresta tropical as arvores forram o chão com suas folhas mortas criando um ambiente propício para a micro vida (biota) que deixa a terra granulosa, permeável a água. 

Suas copas amortecem a queda dos pingos da chuva que é lentamente absorvida então pelo solo, e com auxílio das sombras e da barreira natural contra ventos, o solo permanece úmido abastecendo o lençol freático, fazendo com que a água aflore na forma de fonte ou nascente.

Todo este processo orgânico é altamente sustentável, pois a água torna a evaporar e a cair em forma de chuva, formando um micro clima saudável, favorável à vida.
A floresta é que traz a água e não é a água que traz a floresta.




Somente nesta segunda feira, 16/05/16, 180 árvores caíram na cidade de S. Paulo, uma delas localizada no Largo da Concórdia, no Bráz, causou acidente grave matando uma mulher e ferindo uma criança!

Fórmula da área da sombra = 3,14 X R²
Um raio de 3 metros equivale a 28,26 metros quadrados de sombra X 180 árvores =
   5.086,80 metros quadrados de sombras perdidas.
Segundo a Rádio CBN, 1.273 árvores já caíram na cidade de S. Paulo somente este ano (2016) de janeiro a maio. 
Sendo assim, 28,26 m² de sombra X 1.273 árvores = 35.974,98 m², que equivalem a 5,62 campos de futebol (medida oficial da FIFA) de sombras perdidas neste grande centro urbano.
E assim, a temperatura do solo sobe ainda mais,favorecendo os cupins e outros insetos considerados pragas urbanas.

Embaixo do piso calçado do centro urbano o solo é quente e morto para a micro vida natural (bactérias, fungos, etc), mas tanto o calor como esta esterilização da terra favorecem enormemente a proliferação do cupim subterrâneo asiático que passeia tranquila e discretamente, imperceptível, bem debaixo dos nossos pés, devorando internamente as árvores e os imóveis do entorno.



Sendo assim deixe o Sangue de Barata de lado e abrace carinhosamente esta causa:




Ou, se preferir, como esta Barata, só que de Sangue Quente, muito quente!

Conheça o também o movimento: 
(click aqui)

O Rio de Janeiro, fevereiro e março ...

SAÚDE AMBIENTAL: O Rio de Janeiro, Fevereiro e Março...






Secretário pede demissão em meio à crise na saúde pública do RJ
Estadão Conteúdo



Em meio à mais grave crise da Saúde do Estado do Rio de Janeiro, com salários de servidores atrasados, falta de insumos, e emergências e Unidades de Pronto Atendimentos fechadas, o secretário de Estado de Saúde, Felipe Peixoto, anunciou que vai deixar a pasta em 31 de dezembro / 15.
Resultado de imagem para felipe peixoto
No Rio, em Dezembro com a chegada do verão, chegam também pessoas de várias regiões do Brasil e do mundo, estando aberta a alta temporada, tanto para turistas como para mosquitos principalmente em época de aquecimento global. (ano 2015 o mais quente já registrado).

Teoricamente nesta época, os serviços de saúde como as vigilâncias epidemiológica e sanitária já devem estar operando preventivamente e em estado de alerta quanto às notificações de doenças tropicais como a Dengue, Chikungunya, Zika e a Febre Amarela Urbana, caso venham a ocorrer na região. 

Isto é muito importante por 2 razões básicas:

1º) O turista pode chegar portando algum tipo de vírus e disseminá-lo durante a aglomeração humana, caso haja a presença do vetor (mosquito).
2º) O turista, pode se contaminar e levar o vírus quando voltar para sua terra de origem, facilitando a disseminação da doença para outras regiões.

Na prática, como os Serviços de Saúde (municipal, estadual ou federal), poderiam alertar aos governantes quanto ao risco de uma epidemia ou da circulação de vírus no Rio de Janeiro, considerando que embora a solução seja técnica, a decisão é sempre política?

 Resultado de imagem para reveillon na baia de guanabara

Como inibir a famosa festa da passagem de ano, já na entrada de Janeiro, onde ocorre a queima de fogos na praia de Copacabana e este espetáculo é observado por um público estimado em 2 milhões de pessoas, tanto em terra como no mar, nos inúmeros transatlânticos fundeados na Baía da Guanabara?
Esta superestrutura mondada para o reveiloon fomenta a Indústria do Turismo de Copacabana.

Como impedir em Fevereiro, o carnaval, considerado uma das maiores festas do Brasil, onde participam toda a população seja rica ou pobre, juntamente com milhões de turistas?
As grandes emissoras de TV pagam uma verdadeira fortuna pela exclusividade da transmissão e alimentam a Indústria do Carnaval Carioca.

Resultado de imagem para aedes aegypti ,
Mosquito Aedes aegypty

Em Março, os focos de mosquitos da espécie Aedes aegypti  atingirão níveis assustadores; com certeza, mais uma tragédia previamente anunciada, porém renegada a 2º plano, ou melhor, uma grande oportunidade em ano de eleição de movimentar a chamada Indústria das Epidemias, com a compra de equipamentos, medicamentos e contratação de pessoal, etc. Tudo em carácter emergencial, sem licitação e com super faturamento. Mais uma festa da irresponsabilidade.

Chega Abril, e nós técnicos, bacharéis, cientistas e cidadãos brasileiros teremos a oportunidade de desenvolver a Indústria das Indenizações Milionárias, fazendo valer nossos direitos, podemos inclusive, buscar as estratégias com o povo norte americano (que sabe como processar o Governo).

Chegam a 2.782 o número de casos associados ao Zika Vírus no Brasil (Zero Hora , 22/12/15)

Na realidade, além do combate ao mosquito, o importante agora é dificultar a circulação dos vírus pelo trânsito e aglomeração de pessoas.

Segundo Leonardo Boff: "Estamos diante de um momento crítico da História da Terra, numa época que a humanidade deve escolher seu futuro..." (Carta da Terra).

Um bom exemplo aconteceu em (1999) em Nova York, EUA, onde um cidadão processou o prefeito da cidade porque o seu parente próximo havia morrido por uma doença contagiosa, vinda da margem ocidental do Rio Nilo (Febre do Nilo - África), trazida por aves migratórias contaminadas que chegaram aos EUA, sendo o vírus transmitido também por mosquitos. No total 7 pessoas morreram e 62 apresentaram sintomas da doença.

Rapidamente, todo o aparato Nova Iorquino de Saúde entrou em ação e a doença foi controlada.

No ano seguinte (2000), no mês de julho, o prefeito de Nova York cancelou a apresentação da Orquestra Filarmônica de Nova York no Central Park, coração da ilha de Manhattan, onde mosquitos infectados foram encontrados.
O prefeito nova-iorquino, Rudolph Giuliani, disse que mosquitos infectados com o vírus foram detectados em três locais distintos, dois no Central Park e um em Staten Island. Dezenas de milhares de pessoas eram esperadas para a apresentação. Mas o prefeito disse que seria correr riscos demais permitir que uma multidão dessa dimensão estivesse exposta ao vírus.

"O concerto traria entre 30 e 40 mil pessoas ao parque, e o comissário de saúde Neal Cohen disse que era recomendável o seu cancelamento", afirmou o prefeito na ocasião. Foi a primeira vez em 34 anos que a Filarmônica de Nova York teve um concerto cancelado.
 Mas as indenizações, foram pagas !!!

O município de Campinas em São Paulo dá o exemplo


Jornal Destak 
Além do Rio, cidades do nordeste como Salvador na Bahia e Recife em Pernambuco deveriam adotar tal medida.

Ouça a música Aquele Abraço - Gilberto Gil, pela voz de Tim Maia - Click aqui

Literatura recomendada: A próxima peste – Novas doenças num mundo em desiquilíbrio – Laurie Garret, editora Nova Fronteira.

Iscas para cupins subterrâneos - AEROBAIT

Aerobait é uma isca para cupins subterrâneos que deve ser instalada em ambientes internos. É composta de papelão e madeira (pinus).

Frente e Verso
Trata-se de uma caixa em forma de gaveta composta das seguintes peças: Box com Rótulo (frente) e Moldura (verso), uma gaveta com uma tábua de Pinus (madeira de pinheiro).


Na moldura deve ser aplicado Silicone para fixação em paredes, batentes de portas, armários,  rodapés, gabinetes, etc.


A gaveta deve ficar com a boca voltada para a moldura expondo o Pinus diretamente na superfície.


O cupim subterrâneo se desloca até a isca AEROBAIT em busca da celulose de baixa densidade (Papelão e Madeira).


Os cupins penetram na embalagem tamponando as frestas com terra. A madeira e a caixa de papelão absorvem umidade da superfície tornando a isca mais atrativa.


O ataque na isca se intensifica atingindo a madeira e depois a caixa.
Temos então um Ponto de Iscagem.

Madeira pinus sendo atacada por cupins subterrâneos espécie C. gestrói
O Kit da Aerobait é composto por 05 iscas + tubo de silicone + folheto explicativo e é enviado pelo correio


R$ 50,00  (cinquenta reais) + despesas postais

A Aerobait é um excelente instrumento para o monitoramento preventivo principalmente em Áreas de Pressão de Infestação (click e saiba mais).

Quando as iscas estão positivas apontando para um ponto de iscagem, o pinus interno é então substituído por um refil com Hormônio Inibidor de Crescimento (IGR) ou Hormônio Inibidor de Desenvolvimento (IDI).

Resultado de imagem para igr idi

Os inibidores de crescimento IGR (Insect Growth Inibitors) e IDI (Insect Development Inibitors) são substancias sintéticas (hormônios de insetos), seguras para mamíferos e ao meio ambiente quando utilizadas principalmente em forma de iscas em doses corretas, a saber:
a.    IGR: esse hormônio é o que impede o inseto de desenvolver fases mais maduras até chegar à forma adulta.
b.    IDI: age impedindo a formação ou deposição da quitina (a proteína que forma a carapaça dos insetos). Dessa maneira, o inseto afetado não consegue executar a muda para a fase seguinte, onde iria precisar de quitina para formar seu exoesqueleto, e acaba tornando-se biologicamente inviável.

Exemplo de ecdise (muda) em cigarra

A disponibilidade para aquisição e substituição do Refil com Inibidor de Crescimento é realizada diretamente com as empresas integradas ao Programa
Dr Cupim Eco System.
Fone:
0800-015 23 57
19 9 9722 1579

Iscas para cupins subterrâneos - ECOBAIT

Em nosso sistema de rastreamento de cupins subterrâneos em áreas urbanas utilizamos iscas (baits).
Estas iscas são na verdade, Estações de Iscagens, também chamadas de Bait Station.

Para áreas públicas fazemos a prospecção destes cupins através de georreferenciamento utilizando o aplicativo Dr. Cupim Tech - gratuito, baixado pelo Google Play para Android.

Uma de nossas iscas e a ECOBAIT, feita de material atóxico reciclável (garrafa Peti, papelão e resto de poda).

Você pode fazer a isca (click na foto abaixo) ou adquirir em nossa loja.
Fazendo a Ecobait
Esta isca gera impacto social promovendo o aumento de renda de catadores de recicláveis.


Matéria da CBN - Brasil

Salve as árvores de cidade e auxilie os catadores de recicláveis no projeto Dr. Cupim salvando árvores, participando dos games:

Clik aqui - Ecodetetives

www.salvandoarvores.org



Cupim da casta Soldado da espécie C. gestrói (cupim subterrâneo de origem asiática)