Escorpiões / Baratas

COMO CONTROLAR ESCORPIÕES E BARATAS NA SUA CASA:


Escorpiões são aracnídeos (8 pernas) considerados primitivos que datam de 450 milhões de anos.

Baratas são insetos (6 pernas) que datam de 360 milhões de anos.

Escorpiões adoram comer baratas, ambos são de hábitos noturnos e invadem residências.


Os escorpiões mais comuns na região Sudeste do Brasil são das espécies Tityus serrulatus, escorpião amarelo, reprodução assexuada e Tityus bahiensis, escorpião marrom, reprodução sexuada.


As Baratas de Esgoto, mais comuns em áreas urbanas são da espécie Periplaneta americana, conhecidas como baratas voadoras.


As Baratas vivem nas galerias de esgoto e os escorpiões nas galerias de águas pluviais.

Na rua, as galerias de esgoto possuem caixas de inspeção que normalmente são fechadas com uma tampa redonda de ferro fundido que se apoia numa moldura de sustentação.


Tampa padrão da caixa de inspeção de uma galeria de esgoto da rua.


Com a finalidade de travar a tampa, há  na borda da moldura de apoio uma fresta para encaixe da trava da tampa, esta fresta possibilita a saída das baratas mesmo com a tampa fechada, pois há uma folga de aproximadamente 0,5 cm (as baratas possuem uma morfologia achatada para passar em frestas).

Encaixe na borda para a trava da tampa, as baratas durante o dia ficam próximas a este orifício por onde passa o gás metano e a noite usam este espaço para saírem e botarem ovos (Ooteca). 
 A instalação de uma câmara de bicicleta ou moto no bordo da tampa possibilita a vedação e evita a passagem de baratas.

Muitas baratas saíram das galerias de esgoto e alcançaram as galerias de águas pluviais, pelas "Bocas de Lobo", próximas à sarjeta.

Normalmente os escorpiões utilizam esta saída.

Dentro das galerias de águas de chuva (pluviais) ficam os escorpiões, pois o ambiente é normalmente úmido e escuro. Um ponto fraco do escorpião é a desidratação.

Saindo da galeria seguem pelo meio fio da sarjeta e entram pela saída de água de chuva da casa, como este encanamento não possue sifão, os escorpiões alcançam os quintais.


Saída de água de áreas abertas da casa
O ideal é instalar as Válvulas de Retenção no trajeto do cano até a rua. Lembrar de abrir a tampa e efetuar a limpeza periodicamente.


Esta válvula deixa a água sair e fecha mecanicamente, funcionando como barreira
Outro tipo de barreira mecânica é a instalação de Cobrinhas Duplas nos rodapés das portas:


São práticas porque não precisam ser "ajeitadas" cada vez que se abre a porta.

Após vedar a tampa da caixa de esgoto da galeria da rua, instalar a válvula de retenção na canalização de drenagem de águas pluviais da casa e colocar as barreiras duplas (cobrinhas) nas portas, você deverá fazer o monitoramento interno da casa com o uso de Armadilhas Adesivas Japonesas.

Estas armadilhas prendem com o adesivo insetos, aracnídeos e até camundongos.

Sendo confeccionadas de material atóxico, atraí e retém com muita eficiência baratas e escorpiões que podem estar transitando no interior do imóvel.

São Importadas do Japão e ideais para o monitoramento preventivo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário